terça-feira, 25 de agosto de 2015

O Assassinato de Trotsky - Nicholas Mosley

Este livro pode ser considerado um "resumo" do hoje popular "O Homem que Amava dos Cachorros" de Leonardo Padura; certamente foi uma das obras consultadas pelo escritor cubano para produzir sua obra prima. Trata-se de um livro pequeno, escrito em linguagem jornalística e investigativa, mas que traz todos os elementos principais
do crime perpetrado pelo agente de Stálin Ramon Mercader - sob os pseudônimos de Jacques Monard e Frank Jacson.

O livro foi base para o roteiro do famoso filme dirigido por Joseph Losey, "O Assassinato de Trotsky", que tinha no elenco o famoso Alain Delon como o assassino, Richard Burton como Trotsky, e ainda com a participação de Romy Schneider. 

Uma das curiosidades do filme é que ele foi inscrito no famoso livro de Michael Medved, um folclórico radialista de "crítico de cinema" (também metido na política norte americana, com uma ligação forte com a comunidade judaica ortodoxa), "Os Piores Filmes de Todos os Tempos". Certamente "O Assassinato de Trotsky" não é uma pérola cinematográfica, mas o julgamento de Medved é absolutamente injusto - certamente baseado em suas controversas opiniões políticas - pois ele tem, ao menos, o grande mérito da didática e resgate da memória deste evento tão importante para História do século XX que foi o desaparecimento do revolucionário russo Leon Trótski.